Trabalho conjunto das Forças de Segurança garante êxito ao Pleito Suplementar

Trabalho conjunto das Forças de Segurança garante êxito ao Pleito Suplementar

segurança_portal
Trabalho conjunto das Forças de Segurança garante êxito ao Pleito Suplementar

O segundo turno das Eleições Suplementares no Amazonas transcorre dentro da normalidade. Balanço divulgado pelas Polícias Federal, Civil, Militar e Corpo de Bombeiros apontou pouquíssimos registros de ocorrências. Para alguns casos serão abertos Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), para fins de controle do sistema. Para outras situações, se necessário, lavrados Inquéritos Policiais. O anúncio foi feito durante coletiva à imprensa, às 14h deste domingo (27), no Centro de Divulgação das Eleições.

De acordo com o Chefe da Unidade de Repressão a Crimes Eleitorais, Dr. Marcelo Cordeiro Bertolucci “... até o presente momento, 14 notícias-crime estão sendo apuradas e formalizadas, no entanto, nenhuma prisão em flagrante e nenhum termo circunstancial. Dentro da nossa atribuição de Polícia Judiciária, compartimentada com a Polícia Civil do Amazonas, está tudo dentro da normalidade. O compartilhamento de informações e o trabalho conjunto das Forças culminaram com este que foi um dos processos eleitorais mais tranquilos que já tive conhecimento, em toda a minha experiência com eleições”, enfatizou Bertolucci.

Por sua vez, representando a Polícia Militar, o Coronel David Brandão afirmou que “as eleições estão transcorrendo dentro da mais absoluta tranquilidade. Todos os locais de votação estão devidamente ocupados por efetivos da Polícia Militar, sem nenhuma ocorrência que mereça destaque”.  Disse mais: “parabenizo o trabalho de toda a corporação que se compromissou em garantir a total segurança neste segundo momento das eleições, conforme foi pactuado com a Justiça Eleitoral do Amazonas. O Estado prestou seu apoio ao aparato federal e tivemos esse resultado positivo”. David Brandão atribuiu o sucesso da operação ‘Eleições Suplementares 2017’ ao trabalho conjunto de todas as polícias – do Estado, Federal – com apoio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) e Forças Armadas. “Trabalhamos com a integração das forças policiais, resultando na normalidade do pleito”.

O Delegado Geral da Polícia Civil, Dr. Frederico Martins, afirmou que, "... até o presente momento, foram registradas cinco ocorrências, sendo uma em Presidente Figueiredo, a respeito de requisição de combustível, e que está sendo devidamente apurado. Em Itapiranga e Maraã registramos ocorrência de embriaguez e desobediência, respectivamente. Em Itacoatiara houve o embate entre integrantes das coligações, resultando em lesões corporais, e que também está sendo apurada. A ocorrência mais grave até o presente instante foi detectada em Novo Aripuanã, com transporte irregular de eleitores e boca de urna e que, após as providências de praxe, serão encaminhadas à Polícia Federal".

O Coronel Carlos Alberto Tupinambá, Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, afirmou que “o corpo de bombeiros está capilarizado por todo Estado. No total, dispomos de 203 homens, 36 viaturas, 9 lanchas e 7 motocicletas para dar segurança durante esse pleito. O sucesso dessa missão reside na harmonia, empenho e comprometimento das Agências de Segurança Pública de Segurança do Estado, capitaneado pelo TRE-AM”. 

Últimas notícias postadas

Recentes